A tecnologia por detrás do AnyDesk: Convence de forma simples!

O que está por detrás do AnyDesk? Porque é que o AnyDesk é tão superior a todas as soluções de desktop remoto e screensharing existentes até agora? Um ponto de partida técnico totalmente novo no design e na implementação do software constitui a base para esta capacidade de desempenho:

Compressão de vídeo especialmente para interfaces gráficas de utilizador.

As soluções de screensharing e desktop remoto disponíveis até agora implementaram um processo de redução de dados de imagem antiquado, e por isso de baixo desempenho (p. ex. X11, RDP, VNC), ou um processo, que foi concebido para material gráfico de fotografias e filmes e que se adapta muito mal à transmissão de interfaces gráficas do utilizador com as suas características gráficas especiais (JPEG, H.264). Taxas baixas de repetição de imagem, fraca qualidade de imagem e elevada carga sobre a rede tornam impossível um trabalho fluído e descontraído.

Com o DeskRT o AnyDesk aposta num processo (Codec) especialmente concebido para interfaces gráficas de utilizador. As características especiais do material de imagens, como as grandes áreas de uma só cor, elevados contrastes, contornos finos, repetições em termos de tempo e espaço dos elementos gráficos ou a deslocação de conteúdos de imagem, são aproveitadas de modo eficiente pelo DeskRT e transferidas com alta qualidade.

Arquitectura de sistema orientada para a eficiência

Para se atingir a reduzida latência e a elevada taxa de repetição de imagens do AnyDesk é importante que os respetivos dados de imagem sejam processados o mais eficazmente possível. Para além dos respetivos e eficientes algoritmos de processamento, deverá ser dada especial atenção, para que as grandes quantidades de dados não sejam desnecessariamente copiadas para a memória do computador. Estas pré-condição tem vários efeitos sobre o design da arquitectura do software.

O chamado design zero copy do AnyDesk assegura que os dados de imagem são transferidos para "a linha" ou ecrã com o mínimo possível, e apenas absolutamente necessário, de passos de processamento. Para tal, dispensou-se no desenvolvimentos do AnyDesk quase totalmente os componentes e as bibliotecas standard do software.

Integração perfeita no sistema operativo

Para alimentar o DeskRT constantemente e em tempo real com material gráfico suficiente, é absolutamente necessário que este seja extraído do sistema operativo o mais diretamente possível. As interfaces comuns, para este efeito são, no entanto, demasiado ineficientes.

Com um conhecimento abrangente sobre o modo de funcionamento interno de um sistema operativo, foi-nos possível desenvolver o AnyDesk de modo a que os dados de imagem recebem sempre a maior eficácia por parte do sistema operativo. Em determinadas circunstâncias é até possível visualizar uma imagem transmitida pelo AnyDesk, mesmo antes de esta surgir no ecrã do computador de origem. Mas mesmo em condições normais não são raras uma taxa de repetição de 60 imagens por segundo e uma latência inferior a 16 milissegundos.

Adequação perfeita aos processadores modernos

Os ecrãs e a sua resolução são cada vez maiores; e assim as quantidade de dados gráficos a processar. A frequência de ritmo dos processadores modernos, no entanto, já não aumenta. Em vez disso, no entanto, o número dos núcleo de processadores aumenta constantemente. Pelo que, para o moderno software com elevada intensidade de dados, seja importante poder formatar a maior parte possível do processamento de dados em paralelo.

O processamento de imagem do AnyDesk foi projetado logo de início para a utilização com os modernos processadores multinúcleo. A maior parte do trabalho pode ser realizado em paralelo e pode ser distribuído de modo uniforme por todos os núcleos de processador de um PC.

Arquitetura de multiprocessador

Tal como os browers modernos também o AnyDesk aposta numa arquitetura de multiprocessador. O que aumenta consideravelmente a robustez, uma vez que as consequências de uma falha do sistema ficam localmente limitadas. No caso de várias conferências AnyDesk estarem abertas em simultâneo - tanto faz se de entrada ou saída - em caso de falha do programa apenas se fecha a conferência em causa. As outras conferências continuam de modo inalterado.

Também a segurança do AnyDesk é melhorada com a arquitetura multiprocessamento. Possibilita que só recebem direitos de acesso privilegiado ao sistema operativo apenas as partes do programa que obrigatoriamente necessitam dos mesmos.

Rede de servidor seguro contra falhas graças à tecnologia de Erlang

Os servidores, que possibilitam a ligação em rede dos participantes do AnyDesk, apostam com entusiasmo numa tecnologia, que foi especialmente desenvolvida para aplicações de telecomunicações com segurança anti-falha.

Especialmente a robustez e a otimização em latências baixas favorecem neste caso os utilizadores do AnyDesk.

Ao contrário de muitos produtos da concorrência as variantes pagas do AnyDesk oferecem assim a garantia de uma disponibilidade mínima (SLA).

AnyDesk em comparação: A solução screensharing mais rápida do mundo!

Em comparação com todos os produtos da concorrência divulgados o AnyDesk apresenta-se sempre à frente no que se refere à tala de repetição de imagem e à latência. O que se pode facilmente ultrapassar recorrendo ao Benchmarks. A qualidade de imagem também é quase sempre melhor.

Benchmark PDF